O assunto hoje será sobre rotina escolar, visto que a discussão sobre a inovação no contexto pedagógico está no seu auge, pautada basicamente pela falta de coerência entre o que é ensinado em sala de aula e o que se exige no mercado de trabalho atualmente, que implica maior desenvolvimento da capacidade de criação e do senso crítico.

A rotina, ainda assim, é indispensável para que o desenvolvimento das atividades escolares ocorra da melhor maneira possível.

Isso faz com que o professor otimize o tempo em que o aluno está na escola, permitindo que o seu rendimento na aprendizagem aumente e aconteça de forma mais organizada.

Como organizar uma rotina escolar para centros de educação infantil?

Percebendo o cenário em que estamos inseridos no âmbito da educação, são necessárias algumas mudanças, e essas irão alterar intensamente a experiência dos alunos e seus resultados.

Isso irá exigir que eles passem de receptores passivos de conteúdo para autônomos do seu aprendizado.

É possível alcançar esse objetivo com algumas iniciativas simples

Começando pela organização da rotina escolar, deve-se fazer um planejamento prévio, realizado com toda a equipe pedagógica. E então, expor a proposta das rotinas escolares em reuniões, para que o corpo docente e os gestores da instituição possam trocar ideias e opiniões, garantindo que esta esteja adequada com o propósito da instituição, sem deixar de considerar as necessidades dos alunos.

Além disso, é essencial que os pais dos alunos também estejam presentes, para que participem e se enterrem de todas as atividades que serão realizadas no decorrer do ano.

A repetição diária de algumas atividades que a rotina cria, faz com que, com o passar o tempo, os estudantes se acostumem com os deveres e desenvolvam autonomia quanto a sua realização. O professor deve incentivar essa independência, ajudando com a organização cada vez mais autônoma de seus alunos.

Como proporcionar a inovação em sala de aula?

Isso depende de conseguir proporcionar a forma mais de dinâmica e interativa possível, pois, isso desperta um interesse maior nos alunos, aumentando o envolvimento com o aprendizado, melhorando assim o seu rendimento.

Quando projetos diferenciados são incluídos e estabelecidos com frequência na rotina da escola, os alunos tem a chance fazer suas próprias descobertas, indo além do proposto, criando dúvidas e soluções que, apenas com a teoria, talvez não viessem à tona, possibilitando a eles uma nova perspectiva prática dos conteúdos.

Como elaborar uma rotina escolar para creches e pré escolas?

Olhando com propósito cultural e também do ponto de vista comercial, a escola que assume a frente em projetos inovadores consegue incentivar uma cultura de aprendizado, na qual todos que constituem a comunidade escolar têm  prazer em adquirir novos conhecimentos e vivenciar experiências pedagógicas distintas.

A visão da sociedade sobre a instituição de ensino, quando ela adota esses projetos, passa a ser de que não há estagnação e tanto estudantes, quanto professores estão sempre em busca de novos conhecimentos.

Quem também ganha com o incentivo à adoção de projetos inovadores são os professores.

Com novas práticas eles saem do “automático”, já que constantemente estarão sendo desafiados, aprimorando e enriquecendo a experiência docente. Isso reflete diretamente na qualidade do ensino.