Planejar e organizar a rotina na creche requer muito equilíbrio e cautela na hora de conciliar o cuidado com os pequenos e a educação escolar, para que nenhum dos propósitos receba menos atenção ou acabe sendo deixado de lado.

Como melhorar e organizar a rotina na creche ou pré-escola?

Entender para Agir: Rotina é Educação.

A conciliação entre cuidado e educação escolar é essencial, porque as necessidades motoras, cognitivas e afetivas são tão importantes quanto às necessidades biológicas, como a alimentação, higiene e o sono.

É importante que a rotina das atividades seja definida a partir das intenções educacionais, pois, quando falamos de crianças de até 3 anos, falamos de crianças que se habituam facilmente com sequencias.

Isso significa que, aderir a atividades regradas durante toda a semana oferece maior conforto e segurança aos pequeninos, pois, eles conseguirão prever os acontecimentos durante seu dia.

Além disso, as atividades preestabelecidas começarão a dar noções de limites às crianças, fazendo com que a assimilação de regras comece logo na primeira infância.

Para começar a criar uma rotina é preciso saber a faixa etária da turma e acima de tudo, entender qual sua fase de desenvolvimento.

Para bebês, por exemplo, que dormem mais e precisam ter suas fraldas trocadas várias vezes, é quase impossível inserir uma rotina fixa para eles.

A partir do momento em que a criança atinge a faixa dos 2 anos de idade, elas já aprenderam a andar e compreendem praticamente todas as mensagens que queremos comunicar à elas. Isso facilita a sua adaptação ao que lhes é proposto.

Quanto a escolha das atividades, é necessário levar em conta que a capacidade de concentração aumenta juntamente com a fase de desenvolvimento, então, tarefas muito longas podem surtir o efeito contrário do objetivo.

Primeiro passo: mobilizar toda a equipe!

Para que tudo esteja bem alinhado, reúna sua equipe, desde educadores até a equipe administrativa, pelo menos uma vez por semana.

Sugestões de pauta:

Incentive todos os participantes a fazerem anotações relacionadas ao andamento da rotina. Dessa forma a reunião se tornará mais produtiva.

Sempre deixe espaço para que problemas e sugestões sejam expostos por quem observou. Procure resolver a questão no menor espaço de tempo possível.

Leve a cobrança sobre a preparação dos materiais pedagógicos básicos para as turmas, como fraldas, utensílios de higiene, comida, etc.

Procure conciliar e organizar os horários de todos os educadores, para que não ocorra imprevistos relacionados a faltas e as crianças acabem sendo prejudicadas de alguma forma.

Registre tudo o que foi discutido em reunião, assim, poderá utilizar ideias que só se aplicam no futuro.

5 Dicas para colocar em prática!

 

De forma organizada, dê autonomia àqueles que já conseguem desempenhar algumas funções sozinhos, por exemplo, ir ao banheiro.

Escolha atividades de acordo com o que ainda precisa ser desenvolvido na criança. Por exemplo, coordenação motora.

Estabelecer horários, principalmente de funções que os alunos têm autonomia, ajuda a manter a turma sem tumultos.

Revezar turmas no refeitório, no horário do recreio, faz com que se evite confusões e filas, deixando que os pequeninos aproveitem seu horário.

Na hora de ir para casa, incentive as crianças que já conseguem a se aprontarem sozinhas. Uma boa hora para aprender a amarrar os cadarços, certo?!

 

 

Como organizar a rotina creche? Através do SmartBaby!